Blog

Como curtir um Carnaval vegano

07 de fevereiro de 2019

“Suspender a carne”. Além de palavra de ordem para os veganos, esse era o significado original de “carnaval”, pois logo depois da festa começava um período em que a carne era retirada da alimentação. Quer celebração mais vegana que essa?

À parte a brincadeira com as palavras, curtir o Carnaval com consciência é assunto muito sério, pois muitas práticas e hábitos de consumo da época agridem a natureza e os animais. Mas com algumas atitudes simples, é possível se divertir de forma vegana e, de quebra, ajudar a conscientizar mais pessoas.

Um exemplo são as fantasias e maquiagens. É importante estar atento à origem e ao material com que são feitos os itens que usamos. Como já apontamos aqui no blog, a indústria de cosméticos é uma das maiores vilãs da causa do bem-estar animal, portanto é necessário verificar se os produtos que você vai usar são cruelty free (sem componentes de origem animal ou testes em animais).

É lógico que não pode faltar o glitter, não é? Infelizmente, o tipo comum é composto de microplástico, altamente prejudicial para o meio ambiente. Mas calma: muitas marcas já disponibilizam versões veganas e biodegradáveis do produto, é só procurar que você encontra o bioglitter por aí!

Para a fantasia, uma boa dica é fazer a sua própria: reutilizar o tecido de peças antigas do guarda-roupa ou comprar produtos ecológicos. Penas e plumas, só artificias, claro!

Outra marca negativa do Carnaval é a quantidade de lixo produzida pelos foliões. Também nisso, atitude do vegano precisa ser diferente. Evite usar descartáveis: copos e canudos, por exemplo, podem ser levados de casa, nas suas versões ecológicas. E o confete que se espalha por ruas e ruas inteiras? Uma dica muito bacana que tem sido veiculada nas redes sociais é fazer confete sustentável, um método supersimples que utiliza folhas e flores secas e um furador de papel comum.

Agora, se além de curtir com responsabilidade, você também quiser aproveitar a festa para fazer um pouco de ativismo e conscientização, procure por blocos veganos. Eles tem ganhado popularidade nos últimos anos, e diversas cidades já possuem alguns deles sua na programação, com nomes, abadás e marchinhas que chamam atenção para a causa vegana de maneira simples e divertida.

Essas dicas são para mostrar que não é preciso abrir mão da festa por ser vegano, pelo contrário: a alegria é maior e não acaba em cinzas quando a diversão é limpa e responsável!



Voltar para o blog

Newsletter

Assine nossa newsletter
e receba todas as novidades da Veg+

Uma vida saudável começa com um investimento consciente.
Para mais informações entre em contato (21) 3150.3031 ou pelo email expansao@vegmais.com.br
Centro Empresarial Mario Henrique Simonsen
Av. das Américas, 3434 / Bloco 5 / sala 301 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
Mais informações em faleconosco@vegmais.com.br ou expansao@vegmais.com.br
Tel.: (21) 3150.3031